Quase sem querer

10:50

Por muitas vezes eu tentei me enganar e dizia pra mim mesma que iria utilizar mais este espaço para a função que foi destinada, que no caso é de escrever sobre toda e qualquer coisa que eu quisesse. Porém, as vezes eu esqueço, as vezes me falta vontade, mas o que mais acontece é o deixar para depois, ou ainda, a desculpa mais fácil de dar: que estou sem tempo. Mas o tempo somos nós quem fazemos e temos nosso próprio tempo. O fato é que não estou sem tempo, apenas não estou conseguindo utilizá-lo de maneira proveitosa, mas preciso mudar isso e já que tenho todo o tempo do mundo bora aproveitar.

Aliás, citando novamente Renato Russo, as músicas dele quase sem querer definem alguns momentos da minha vida, e no momento é que "Tenho andado distraído, impaciente e indeciso e ainda estou confuso, só que agora é diferente, estou tão tranquilo e tão contente". Acho que nenhuma outra música jamais me definiu tão bem. 

Não vim aqui prometer mais uma vez que vou escrever com mais frequência, só vim dizer que eu não desisti, que eu ainda estou aqui, mesmo que de vez em quando, mesmo que guardando apenas na mente tudo o que na realidade queria escrever, eu ainda estou aqui e tá tudo dentro de mim e aos poucos, quase sem querer essas coisas vão fluindo, só tenho que ter paciência comigo mesma. Eu volto, lentamente eu volto. As vezes a vida é só uma segunda-feira chuvosa e ficamos ali quietinhos esperando o sábado de sol.

Posts Relacionados

0 suspiros